terça-feira, 18 de novembro de 2008

Desilusão e Vida - Relação cara a cara

Mais duas das minhas poesias...

Desilusão,
Palavra que rima,
Com solidão, aflição, separação.
É difícil de sentir, mas quando vem,
Vem de um jeito que a gente chega até a tirar os pés do chão.
A cabeça não pensa,
O corpo não sente,
As mãos estremecem,
A alma padece.
Mas tudo isso termina,
Quando vem uma paixão,
E um grande amor se principia.

************************************

Vida,
Para se viver ou para sofrer.
Amor,
Para se amar ou odiar.
São mistérios da vida.
Descobertos a cada minuto vivido.
Mas tem que ser seguido corretamente.
Vida para se viver,
Amor para se amar.
Pois assim é e será para sempre,
Se for seguido conforme as leis de Deus.

Em breve mais das minhas poesias...
Até mais...

2 comentários:

Bruna disse...

Oi prima!
Como sempre seus poemas são lindos, meio tristes, mas lindos!

megaa bjooo
;*

Minhas Poesias disse...

Oi Prima!!!!!

São tristes sim...mas dessas tristezas nasceram muitas alegrias...
Obrigada pelo elogio...

bjão